Compartilhar é cultura!

Compartilhar é cultura!
créditos à "Back Old Mônica"

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Personagens Esquecidos 08: Teveluisão.


Nessa postagem falo sobre o Teveluisão, um personagem criado nos anos 60 que também se enquadra na galeria de personagens esquecidos.

Teveluisão é um personagem criado em 1964 que é obcecado por televisão. Ele adora assistir e, de tão vidrado, só quer saber de ficar na frente da televisão o tempo todo. Sabe tudo que se passa em todos os canais, desde desenhos animados a notícias de telejornais, nada escapa. Seus assuntos com os amigos são só ligados aos programas de televisão, comentar como foi o capítulo da novela, o que passou nos programas, etc. 

Como passa o dia inteiro vendo televisão, ele não sai de casa e, com isso, não brinca com a turminha, que fazem de tudo para sair e brincar com eles. Histórias com ele ainda permitem uma lição de moral de mostrar que a vida real é melhor do que ficar só em casa vendo televisão e que as crianças têm que sair para brincar e ter uma vida social.

O Teveluisão possui óculos em formato de TV, uma camisa listrada azul e branca e é um adolescente aparentando ter uns 16 anos, mesma idade do Zé Luís. Com isso, é mais velho do que os personagens da turminha. Mas sua principal característica física e mais marcante é que está sempre com um sorrisão no rosto com dentes de fora, demonstrando que está gostando dos programas e bem concentrado ao que está assistindo. Até quando ele não está contente, os dentes ficam à mostra. Isso o torna engraçado e muito simpático. Só olhando a cara dele já dá vontade de rir.

Sua primeira aparição foi em 1964 nas tiras de jornais do Cebolinha, mostrando essa sua obsessão pela televisão e piadas envolvendo assuntos ligados à TV. O Cebolinha não gostava do Teveluisão falando o tempo todo sobre TV. Era normal, por exemplo, além de fazer piadas com programas da época, mostrar sufoco que passa com a televisão, como posição de antena, imagens de TV com fantasmas, interferências, ruídos impróprios, ou seja, problemas comuns que tem com a TV analógica e o sinal precário que era, principalmente nos anos 60, época das suas tiras. Às vezes era o próprio Teveluisão que sofria interferências, como se ele estivesse transformado em TV por passar tanto tempo em frente dela.

Tirinha tirada de "As Tiras Clássicas da Turma da Mônica Nº 1" (Ed. Panini, 2007)
Naquela época, Teveluisão também foi garoto-propaganda da revista "Intervalo" da Editora Abril em 1965. Tratava-se de uma revista no formato da TV Guide norte-americana, que trazia o guia de programação, reportagens e fofocas com artistas. O personagem estampava várias páginas da revista para ilustrar. Abaixo, uma página semanal de 1965, tirada do blog "Tiras Memory":

Página semanal de 1965
Teveluisão ficou um pouco sumido das tiras nos anos 60 mesmo, após 1966, mas retornou em 1971 com algumas tirinhas, como a do lançamento da TV colorida no Brasil em 1972, até voltar a ficar no limbo a partir de 1973. Recentemente a gente pôde conferir suas tiras antigas republicadas nos livros "As Tiras Clássicas da Turma da Mônica" Nº 1, 2, e 7 da Editora Panini.

Tirinha tirada de "As Tiras Clássicas da Turma da Mônica Nº 7" (Ed. Panini, 2011)
Nos gibis, Teveluisão apareceu de vez em quando, em algumas histórias voltadas com sua característica de mania de assistir à televisão, mas a maioria foi com ele apenas participando como um personagem qualquer, interagindo com a turminha normalmente e, com isso, descaracterizando o personagem. 

Ele estreou nos gibis em 1971, na história "Cascão contra a CISCA", de Mônica nº 13', em que o Zé Luís, Mônica, Cebolinha, Xaveco, Anjinho e Teveluisão formam a "Comissão de Inconformados com a Sujeira do Cascão" para tentar dar banho nele. Na participação do Teveluisão nessa história, ele convence ao Cascão a ver TV na casa dele, mas era uma armadilha que tinha uma mangueira atrás da TV  e enquanto o cascão mexia no botão para sintonizar canal, o Teveluisão abriria a mangueira e o Cascão levava um banho. Só que faltou água no bairro justamente na hora e o Cascão não se molhou.

Trecho da HQ "Cascão contra a CISCA" ('Mônica Nº 13' - Ed. Abril, 1971)
Depois o personagem ficou no limbo do esquecimento e voltou a ser lembrado em gibis de 1983 e 1984, também fazendo participações pequenas, só que sem ser assuntos ligados à televisão e interagindo normalmente com seus amigos, ou aparecendo rapidamente para formar diálogo nas histórias. Podia ser qualquer personagem no lugar, até mesmo oManezinho, mas preferiram colocar o Teveluisão. O que mantinha da sua característica original é sempre estar com sorrisão de dentes à mostra. 

Uma dessas histórias dessa fase que destaco é a "A turma toda", de 'Cebolinha Nº 133', de 1984,  em que um menino pequeno taca uma bola sem querer na cabeça do Cebolinha, que parte para briga, aproveitando que o menino era menor que ele. Então, a cada momento surgia um garoto valentão para ajudar o menino mais fraco que estava apanhando. O Teveluisão, então, surge, no meio da história, para ajudar o Jeremias na briga e aparece, então, outro cara maior para ajudar o garoto que estava apanhando do Teveluisão e assim por diante. Podia ser perfeitamente o Zé Luís ou outro secundário qualquer no lugar do Teveluisão.

Trecho da HQ "Todos da turma" ('Cebolinha Nº 133' - Ed. Abril, 1984)
Depois de um tempo sumido, voltou a aparecer na história "O dono da rua", em 'Cebolinha Nº 19' (Ed. Globo, 1988), fazendo uma participação também. Nela, a Mônica perde a memória quando o Cebolinha taca um pião na cabeça dela e, aproveitando isso, Cebolinha faz com que ela pense que é uma menina frágil, fraca e que é ele que usa o Sansão para bater na Mônica. Teveluisão aparece junto com  Titi e Zé Luís duvidando que o Cebolinha tenha derrotado a Mônica.

Trecho da HQ "O dono da rua" ('Cebolinha Nº 19 - Ed. Globo, 1988)
Em 1989, finalmente Teveluisão teve uma história digna com sua característica de paranoia de ver televisão. Na história "S.O.S. Teveluizão", de Mônica Nº 30', a mãe do Teveluisão procura a turminha porque andava preocupada que o filho só ficava na frente da televisão  dia todo e queria que eles o convencessem a sair para brincar. A turminha aparece lá na casa dele, perguntando quais as novidades e ele só falava o que se passava nas novelas e nos jornais.

A turminha resolve, então, dançar, andar de carrinho, pular corda na frente do Teveluisão e da TV, mas ele fica imóvel e nada tira a sua concentração no que estava passando na TV. Até que Cascão joga bola e quando chuta, a bola quebra a TV. A turma aproveita e carrega o Teveluisão para rua para brincar e aí eles fazem com que o Teveluisão brinque de balanço, carrinho de rolimã, casinha,  cabra-cega, empinar pipa, entre outras brincadeiras. No final, Teveluisão vai embora gostando de ter brincado com eles e volta logo depois com uma filmadora para gravar tudo em vídeo e poder assistir tudo na televisão depois.

Um detalhe interessante nessa história é que a grafia do nome dele foi "Teveluizão". Vai ver que foi porque em histórias anteriores a essa, ele só participava sem mostrar o nome dele, então podem ter esquecido que a grafia certa é "Teveluisão".

Trecho da HQ "S.O.S. Teveluizão" ('Mônica Nº 30' (Ed. Globo, 1989)
Depois dessa, voltou a sumir por um tempo, só aparecendo eventualmente, do tipo, aparece uma vez e some, voltando a aparecer em torno de 5 anos depois. Ou seja, depois dessa história de 'Mônica Nº 30', voltou a aparecer na história "Na frente da televisão", com Zé Luís, de 'Mônica Nº 92', de 1994.

Nela, o Zé Luís vai a casa do Teveluisão e como estava vendo televisão. Zé Luís desliga a TV para eles irem à rua. Teveluisão aceita, mas queria levar sua TV de bolso, mas Zé Luís não deixa. Na rua, Teveluisão ainda tenta ver TV nas vitrines das lojas e sempre é impedido pelo Zé Luís. No final, eles chegam na casa das 2 garotas, elas pedem para esperá-las enquanto trocam de roupa e eles asistem TV enquanto esperam, sendo que as garotas demoram tanto que, já de noite, os 2 ficam imóveis, cansados de ver tanta TV. Nessa história, o seu famoso sorrisão de dentes não ficou à mostra o tempo todo e sua camisa foi com listras amarelas.

Trecho da HQ "Na frente da televisão" ('Mônica Nº 92' - Ed. Globo, 1994)
Após essa, o personagem voltou a aparecer por volta de 1999, na história "Mônica e o Teveluisão" (republicada no 'Almanaque da Mônica Nº 108' - Ed. Globo, 2005), em que a Marina conhece o Teveluisão  e estranha o seu jeito de querer ver TV o tempo inteiro. Marina faz uns desenhos e ele estranha que não fazem movimentos e não tem som e não dá bola. Depois que Mônica e Marina vão embora para assistir novela na casa delas, o Teveluisão resolve largar a TV e fazer desenhos e pintar, aproveitando que ninguém está vendo.

Trecho da HQ "Mônica e o Teveluisão" 
Em 2004, com a criação do personagem Bloguinho, Teveluisão voltou a ter atenção, já que o Bloguinho se tornou seu irmão. Enquanto Teveluisão tem mania de assistir à televisão o tempo inteiro, o Bloguinho é vidrado em internet, computador e tecnologia. Na história de estreia do Bloguinho, de 'Cebolinha Nº 221', chamada "Internetês", Teveluisão apareceu falando ao Cebolinha e Cascão que o Bloguinho era o seu irmão e tinha que levá-lo para casa.

Trecho da HQ "Internetês" ('Cebolinha Nº 221' - Ed. Globo, 2004)
A partir daí, tiveram algumas aparições rápidas do Teveluisão quando o Bloguinho aparecia. E também teve uma participação um pouco maior na história "A menina que queria limpar a praia", de 'Magali Nº 52' (Ed. Panini, 2011). Na trama em que a Magali mostra para Denise que não se deve jogar lixo na praia, Teveluisão surge do nada e se apresenta para a Denise, que não o conhecia, falando que seu apelido é esse porque gosta de televisão e fica irritado com a Denise quando ela fala que não assiste à TV porque tem vida. Teveluisão também ajuda elas, junto com Bloguinho, os pais da Magali e Ursinho Bilu na limpeza da praia.

Trecho da HQ "A menina que queria limpar a praia" ('Magali Nº 52' - Ed. Panini, 2011)
Sua última história solo foi em 'Mônica Nº 62', de 2012, na história "Televisão de cachorro", com 2 páginas, em que a tia do Teveluisão manda cuidar do cachorro dela enquanto vai ao cabeleireiro e, como a sua TV por assinatura, fica sem sinal, ele é obrigado a sair com o cachorro. Na rua, ele faz com que o cachorro assista frangos assando em frente a padaria, enquanto ele assiste à televisão da vitrine da loja. Nessa história, ele não ficou com seu famoso sorrisão de dentes à mostra, tirando a sua marca registrada.

Trecho da HQ "Televisão de cachorro" ('Mônica Nº 62' - Ed. Panini, 2012)
Como podem ver Teveluisão é um personagem que dava para render ótimas histórias e piadas com críticas à TV e problemas de imagens e som, além de uma forma de conscientizar que não se deve ficar o dia inteiro na frente da TV e deixar a vida passar. Pena que o personagem ficou no limbo, dava muito bem para ser aproveitado melhor. Sumiu por circunstâncias de novas coisas surgindo e acabou sendo esquecido pela MSP, só retornando eventualmente. Mas atualmente podem implicar pelo motivo que o personagem pode incentivar as crianças  a ficar vendo TV em vez do contrário. 

Termino com algumas capas dos gibis que tem as histórias citadas na postagem:

Capas: 'Mônica Nº 13' (1971), 'Cebolinha Nº 133' (1984), 'Cebolinha Nº 19' (1988), 'Mônica Nº 30' (1989), 'Mônica Nº 92' (1994), 'Cebolinha Nº 221' (2004), 'Magali Nº 52' (2011), 'Mônica Nº 62' (2012)

Retirado de: Arquivos Turma da Mônica.

Mônica - nº 132 - Ed. Globo